Sobre   Contato Usuário : Não conectado
Ultima Atualização : 26/02/2012 Data : 24 de Abril de 2014  
Maze
 Caboclas
» Cachoeira
» Cayçara
» Iara
» Jurema
 Caboclos
» 7 Cachoeiras
» 7 Encruzilhadas
» 7 Pedreiras
» Araribóia
» Arruda
» Cachoeira
» Cobra Coral
» Pantera Negra
» Pena Branca
» Rompe-Mato
» Tupinambá
» Ubirajara
» Ventania
» Vira-Mundo
 Ciganas
» 7 Facadas
» da Estrada
» das Matas
» do Pantano
» Gira Mundo
» Salomé do Egito
» Sarita
» Sulamita
 Ciganos
» Damiani
» Pablo
» Ramires
» Rodrigo
 Guardiãs
» 7 Encruzilhadas
» 7 Saias
» 7 Véus
» A Bruxa de Évora
» da Calunga
» Dama da Noite
» das Almas
» do Cemitério
» do Lodo
» Maria Farrapo
» Maria Molambo
» Maria Padilha
» Maria Quitéria
» Menina
» Pantera Negra
» Rainha 7 Cruzeiros
» Rainha 7 Encruzilhadas
» Rainha Domitila
» Rainha Rainha da Praia
» Rosa Caveira
» Rosa da Noite
» Rosa Negra
» Sete Rosas
 Guardião
» 7 Cachoeiras
» 7 Capas
» 7 Catacumbas
» 7 Covas
» 7 Cruzeiros
» 7 Cruzes
» 7 Encruzilhadas
» 7 Lira
» 7 Pedras
» 7 Portas
» 7 Porteiras
» 7 Sombras
» 7 Trevas
» Arranca-Toco
» Calunga
» Caminaloa
» Capa Preta
» Caveira
» Cigano
» Cobra
» das Almas
» das Matas
» do Fogo
» do Lodo
» dos Cemitérios
» dos Rios
» dos Ventos
» Ganga
» Gira Mundo
» João Caveira
» Mangueira
» Marabá
» Marabô
» Maré
» Meia Noite
» Mirim
» Mor
» Morcego
» Pantera
» Pedra Negra
» Pimenta
» Pinga Fogo
» Quebra Galho
» Quirombô
» Rei 7 Encruzilhadas
» Rei 7 Lira
» Serpente
» Tatá Caveira
» Tiriri
» Tranca Ruas
» Tranca-Tudo
» Tronqueira
» Veludo
 Malandros
» Maria Navalha
» Zé Pilintra
 Pretos Velhos
» Benedito Aruanda
» João das Almas
» João Ramalho
» Joaquim de Angola
» Maria Conga
» Maria Redonda
» Rei Congo
» Vovó Catarina
 Boiadeiros
» João Boiadeiro
» Navizala
» Tobias

Caboclo Vira-Mundo

Relatos1

Em abril de 1962, a sessão religiosa daquele dia transcorria com toda normalidade, no templo da Associação de Pesquisas Espirituais Ubatuba. Em dado momento, ali chegou um grupo de pessoas que pela primeira vez visitava a Casa Dona Eulália apesar de não ser adepta da doutrina umbandista, fora consultar o Caboclo Ubatuba, fazendo-se acompanhar de seus familiares, na última tentativa de localizar o filho Rodrigo de apenas dez anos, desaparecido havia mais de uma semana de sua residência. Contou à Entidade já haver percorrido todos os hospitais da região, delegacias de polícia circunvizinhas, juizados de menores, casas de parentes e amigos e até o necrotério do I.M.L., sem lograr qualquer êxito.

O delegado, presidindo o caso, após realizar intensas buscas e investigações sem nenhum suceeso, havia declarado que pela sua experiência em fatos semelhantes, o menor só poderia estar morto em algum matagal, vítima talvez de algum estuprador. As esperanças da mãe haviam se esvaido e já estava até conformada com aquela suposição, mas era necessário encontrar o cadáver e isso não havia acontecido.

O Caboclo, com a calma característica de sempre, fitou-a de cima a baixo, virou-se para o pegí, proferiu algumas palavras que ninguém soube traduzir e de volta a consulente foi categórico: - Seu filho não está morto mas passeando num lugar distante daqui. Vou determinar a meu auxiliar, Caboclo Vira-Mundo, para ir busca-lo e dentro de, no máximo, três dias, ele estará novamente em sua companhia. "Na época participava das engiras, o Sr. Antonio, excelente médium, em cuja coroa vibrava o "seu" Vira-Mundo. Após concentrar-se por ordem do Caboclo Ubatuba e sob a entoação do seu ponto cantado, desceu no terreiro aquela Entidade, solicitando de imediato uma pemba com a qual firmou seu ponto riscado aos pés dos atabaques, onde colocou a fotogrfia do menino, levada pela família, subindo em seguida a ló (foi embora) para dar cumprimento a missão. Notava-se nos olhos daquelas pessoas um misto de desconfiança e esperança, retirando-se ainda bastante amarguradas.

Pois bem. Dois dia depois, um caminhão trafegava pelao município de Guarujá, quando, repentinamente, uma pane no motor obrigou o motorista a parar para uma averiguação. Tão logo estacionou, percebeu a presença de um menino sentado na calçada, sujo, assustado e faminto; de imediato o reconheceu, perguntando - "O que está fazendo por aqui. Passeando?" - "Não - esclarecu o garoto - eu me afastei um pouco de casa e tentando regressar me perdi. Fui pedindo carona daqui para ali e terminei neste lugar, onde não sei sequer o nome". O caminhoneiro mandou-o subir na boléia e disse que o traria de volta, pois era seu vizinho e conhecia-lhe os familiares.

Deu partida no veículo, rodou uns cinquenta metros e só então se lembrou não haver verificado o defeito que o obrigara a parar e, no entanto, curiosamente, o caminhão rodava perfeitamente, sem apresentar qualquer falha. Ficou perplexo com o acontedido, Todavia, não chegou a ligar os fatos, somente ao chegar em casa é que os familiares de Rodrigo comentaram haver ido ao terreiro e talvez fora por imposição das entidades que o defeito se apresentara, formando uma corrente de coincidências e culminando com a alegria do reencontro.

Vejam, leitores, a responsabilidade da entidade afirmando encontra-se o menino vivo e contradizendo a suposição do experiente delegado.Fatos como este alimentam mais a nossa fé e nos fazem crer que no plano onde nos encontramos somos muito vulneráveis e ignorantes, diante da Sabedoria do Astral Superior.

Referências

  • Orphanake, J. Edson, Os Caboclos, Editora Pindorama, 1994
Total de Comentários(13), clique aqui para adicionar um novo comentário
Responder
13/01/2014 11:13:05 por : Carlos Plinio
Salve as Crianças de Umbanda ! São Cosme, cadê Damião ? Damião tá na Aruanda (Bis); eu queria ser Doum prá salvar filhos de Umbanda (Bis)
Responder
09/05/2013 03:21:38 por : Carlos Plinio
Clique aqui para ver o restante do texto
Responder
28/03/2013 05:53:21 por : Carlos Plinio
Uma bandeira divina que vinha trazendo Ogum (bis), trazia lança, trazia espada e uma Coroa que Zambi mandou...! Salve Ogum, Salve Caboclo Viramundo Pemba, Salve o Povo de Umbanda!
Responder
07/11/2012 10:03:43 por : Carlos Plinio
Encruza, encruza, encruza com pemba encruza (bis), Encruza com pemba encruza na hora de Deus amém. Encruza, encruza, encruza com pemba encruza...!(bis); Lá na porteira está batendo gente corre lá Jurema para ver quem é (bis), mais Ele é seu Viramundo de Umbanda que veio saravá demanda(bis);Se Ogum é meu Pai vencedor de demanda ele veio de Aruanda pra salvar filhos de Umbanda(bis);Ogum, Ogum Yara(bis) salve os campos de batalha salve a Sereia do Mar, Ogum, Ogum Yara (bis); Cangira deixa a gira girar Ô cangira deixa a gira girar (bis);deixa a gira girar saravá Ô Yansã, Pai Xangô e Yemanjá Ô, Ô deixa a gira girar...!; Quem quer viver sobre a Terra, quem viver sobre o Mar, só a Cabocla Jurema, só a Sereia do Mar(bis); só a Cabocla Jandira, só a Sereira do Mar, só a Cabocla Iracema só a Sereia do Mar...; Qual é o homem que bebe e que fuma na Umbanda, é Ogum Megê Ô Gânga (bis),Dilê Dilê Dilê Ô Ganga, é Ogum Megê Ô Ganga(bis); No alto daquela serra tem uma casa, sem porta e sem janela, sem telhado e sem parede, o que é que Exú faz nela (bis);Zuê Zuá, Zuê Zuá (bis); Zua que zua tothô (bis), eu vi Nanã, eu vi Nanã eu vi Nanã auê...(bis); Seu terno branco, sua bengala, Exú vai dar Quá, quá, quá, sua risada,,,(bis); Exú Barabô Toquinho de Guiné, Tôco, Tôco, Tôco É (bis).
Responder
30/10/2012 10:08:00 por : Carlos Plinio
Meu Santo Antônio é de ouro fino, levanta a bandeira e vamos trabalhar, ora vamos no Céu buscar, ora vamos no Céu buscar, as alpercatas de Santo Antônio ó Calunga ora vamos no Céu buscar ! Santo Antônio e São Benedito são dois Santos companheiros, Santo Antônio é Resador e S.Benedito é feiticeiro. Minha mineira, mineira boa (bis), nunca vi que banda boa, como a de Minas não há, já botei meu boi na canga, quero ver quem vai puxar ! Cabinda venha saravá ó Cabinda (bis), vem no Terreiro de Rei de Congo ó Cabinda, Chefe da sua Gongá...! Jurema, meu Juremê, Jurema (bis), é uma Cabocla de Pena neta de Tupinambá, com sua lança e botoque na Umbanda vem saravá ! Quem vem lá é quem vence demanda, é filha de Congo é Maria Redonda (bis). Zé Congo, Zé Congo de Aruanda (bis), Zé Congo Zé Congo de Aruanda, vem salvar filhos de Umbanda. Eu corta língua, eu corta mironga, eu corta língua de falador (bis), Na minha banda não há embaraço, eu sou Ubirajara Peito de Aço !
Responder
13/10/2012 01:47:13 por : Carlos Plinio
Clique aqui para ver o restante do texto
Responder
11/10/2012 06:34:29 por : Carlos Plinio
Utilizando as faculdades mediúnicas de que foste dotado, não olvides que funcionas à guisa de refletor, cujo material de estrutura nada tem de comum com a luz que retrata. O espelho, seja de metal ou de vidro, detém os raios solares, sem comungar-lhes a natureza, e o fio simples transmite o remoinho eletrônico, sem partilhar-lhe o poder. Entretanto, se o espelho jaz limpo consegue reter a bênção da claridade e se o fio obedece à inteligência que o norteia converte-se em portador da energia. Assim também a mediunidade, pela qual, sem maior obstáculo, te eriges em mensageiro de instrução e refazimento, esperança e consolo. Através dela, recolhes o influxo da Esfera Superior sem compartilhar-lhe a grandeza, mas se guardas contigo humildade e correção, converter-te-ás no instrumento ao socorro moral de muitos. Todavia, assim como, às vezes, o espelho se turva e o fio se rompe, exigindo reajustamentos, também a fôrça mediúnica em tua alma é suscetível de rupturas diversas, reclamando trabalho retaurativo. Não te afaças, assim, ao desânimo ou à negação se essa ou aquela dificuldade aparece na obra do intercâmbio. O erro, no clima da sinceridade, é sempre lição. Afervora-te no trabalho do bem e recolhe-te à humildade do aprendiz atencioso e vigilante, gastando severidade contigo e benevolência para com os outros, porque qualquer dom da Luz Divina na obscuridade do ser humano, qual se expressa na conceituação apostólica, é um "tesouro em vaso de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós". Emmanuel
Responder
18/09/2012 11:39:19 por : Carlos Plinio
Principal ponto cantado de Caboclo Viramundo Pemba de Umbanda: Oi cadê Viramundo Pemba (bis); Tá na Terreiro Pemba,com seu tambor e pemba, veado no mato é corredor, cadê meu mano caçador, cadê Caboclo Ventania, esse Caboclo é nosso guia. Principal ponto cantado de seu assistente, Exú das Sete Encruzilhadas de Umbanda: Pemba Branca, Pemba Preta, Pemba Encarnada, Salve Exú e sua banda, Salve o Sete Encruzilhadas (bis); Salve o povo de umbanda, abraço a todos.
Responder
31/08/2012 11:30:40 por : Carlos Plinio
Ponto cantado para os Umbandistas da Linha de Caboclos: (1)Caboclo Viramundo, ele vira, ele vira, ele firma seu ponteiro, ele faz sua mira; Caboclo Viramundo ele vai virar no Terreiro de Umbanda ele vai saravá. (2) Seu Viramundo é Rei, é no Terreiro de Umbanda,(bis) quando ele vem da sua banda para os seus filhos abençoar (bis); (3) O Seu Viramundo quando vem do Reino, a sua cinta é uma cobra coral, é uma cobra coral, é uma cobra coral (bis).
Responder
27/08/2012 08:20:03 por : Carlos Plinio
Prezado Povo de Umbanda,no mês passado houve uma manifestação sobre o Zé Mulatinho de Umbanda. As perguntas partiram de Ângela G. Andrade,Rafael, Chorão e outros mais...Repetindo, informo que eu o conheci no início dos anos 50. É um garoto "Zureta", bravo,falador, porém muito amigo. Trabalha com o Rei Viramundo Pemba, Pai Cambinda e o também Rei das 7 Encruzilhadas. O motivo de meu contacto é para registrar que hoje é o dia dele (Zureta). Navegando encontrei o telefone 24-9997-9479 para toda a informação sobre o grande amigo que nunca nos deixou sem proteção. Forte abraço a todos.
Responder
16/07/2012 05:35:36 por : Carlos Plinio
Senhor Vira Mundo Pemba, seu tambor, seu belo cocar,seu fiel cavalo branco,sua efetiva postura de Rei. Sr. Vira Mundo é Rei, a sua cinta é uma cobra-coral, sua Cabocla está entre as mais belas, é a Rainha Jurema filha de Tupinambá. Seus assistentes de fé são: na 2ª.Feira o Rei das 7 Encruzilhadas...Pemba branca, pemba preta, pemba encarnada..., na 6ª Feira é dia de Zé Mulatinho...Zureta, Zureta, tá te chamando tá...! E eu, simples cidadão comum e de fé, tenho a felicidade de ser afilhado de sr. Viramundo Pemba que reside no plano astral superior, protegendo, orientando e corrigindo seus filhos de fé, encarnados e desencarnados...Que o Divino Mestre Jesus permaneça com a sua luz em direção desta grande força da natureza, o Grande e Amado Caboclo Vira Mundo Pemba de Umbanda.!
Responder
17/01/2012 11:28:09 por : janaina
17/01/2012 amo muito esse caboclo ele e o meu padrinho aqui e em qualquer lugar, apessa de não ter mas contato com o medium que recebe ele e ainda não encontrei outra pessoa que trabalhasse com esse caboclo.
Visitas
3159828